Corpse Party

Corpse Party 1.01

Festejando com os mortos

Corpse Party baseia-se no gênero escolha-a-sua-própria-aventura, adiciona um pouco de RPG 16 bits e, então, deixa cair nessa mistura uma dose decadente de horror japonês. Não vem recheado de sustos de alta fidelidade, mas características como seu anime e sua pixel art estimulam a imaginação de maravilhosas maneiras. Ler descrição completa

PRÓS

  • Clima assustador
  • História de terror ramificada
  • Para os fãs de horror japonês

CONTRAS

  • Interface não intuitiva
  • Caro
  • Parece muito lento se você não gostar deste tipo de jogo

Excelente
9

Corpse Party baseia-se no gênero escolha-a-sua-própria-aventura, adiciona um pouco de RPG 16 bits e, então, deixa cair nessa mistura uma dose decadente de horror japonês. Não vem recheado de sustos de alta fidelidade, mas características como seu anime e sua pixel art estimulam a imaginação de maravilhosas maneiras.

Várias formas de morrer

A base do Corpse Party é o desenvolvimento lento de sua história. Como você reage a cada um de seus eventos vai determinar seu caminho ao longo de todos os cinco capítulos do game, e qual o fim que você vai ter. É um sistema emaranhado e, muitas vezes, tentar dar conta de tudo não é o melhor caminho para a ação, com as várias tramas e os diferentes personagens levando-o para longe da tarefa principal de conseguir fazer tudo - ou o máximo possível - para levar seus colegas para casa.

Com centenas de linhas de diálogo, acompanhar o rumo do jogo não é tão fácil quanto parece, mesmo com a ameaça de morte pesando sobre suas costas. Personagens trágicos que você vai encontrando normalmente inspiram simpatia,curiosidade, medo ou todos os três. Alguns deles são vitais para o seu objetivo, enquanto outros simplesmente têm o papel de distraí-lo. Do lado positivo, interagir com esses jogadores em formato bit ajuda a desbloquear capítulos extras para jogar depois de concluir o título - um bônus muito bem-vindo se você se permitiu mergulhar na história arrepiante da Heavenly Hope.

O resultado infeliz é que você acostuma-se rapidamente a ver seus amigos morrerem, e começa a ficar cada vez mais motivado a acabar um capítulo com o mesmo número de personagens com que o iniciou.

O estilo 16 bits e a exploração de cima para baixo permitem que você passeie livremente por diferentes espaços e épocas da escola. Porém, isso raramente funciona para algo além de ser uma maneira de mover-se entre os quebra-cabeças - com uma única ocasião em que realmente exige qualquer habilidade.

Uma portabilidade horripilante

Primeiro, quero ser claro, esta não é uma boa portabilidade, mas representa uma forma conveniente de experimentar esta obscura obra de arte.

Sendo originalmente um jogo Playstation Portable, a mudança para o iOS exigiu algumas alterações. Sem controles físicos, Corpse Party usa um pad virtual que aparece na tela que controla a ação. O recurso funciona bem, mas o seu visual azul brilhante parece bastante chocante em comparação com o mundo assombrado em questão.

Outra coisa estranha é que é uma portabilidade simples, sem nenhuma novidade agregada ao game em si. Isso significa que não há tutorial ou uma tela de instruções para ajudá-lo a se acostumar com a nova interface sensível ao toque. Para encontrar os controles, você precisa visitar sua página de produto no iTunes para ver quais comandos e cliques são necessários para controlar tudo.

Isso está longe do ideal, mas, novamente, se Corpse Party soa como o seu tipo de jogo e esta é a sua única forma de ter contato com ele, recomendo que você supere esses problemas irritantes da interface.

Design diabólico

O destaque do Corpse Party é seu design audiovisual, o que prova que, às vezes, menos é mais. Grande parte deste jogo utiliza imagens estáticas de anime dos personagens e frases que lentamente vão passando ao longo da parte inferior da tela. Apesar de sua natureza estática, como a expressão de cada personagem muda entre as imagens, eles conseguem transmitir emoção com uma eficácia sutil.

E isso nos leva à persona de 16 bits dos personagens. Enquanto andam ao redor do mundo pixel art, suas formas minúsculas transmitem sentimentos e medos de uma forma adoravelmente comovente conforme se emocionam e vão definindo seu caminho pela tela.

Igualmente, o áudio do Corpse Party é adequadamente assustador, conseguindo manter a tensão. A música garante o clima constante de assombração que acompanha os principais acontecimentos.

O trabalho de voz também é bom, embora seja em japonês. Enquanto todo o jogo não é dublado, os trechos em que há voz constróem bem as personalidades dos personagens.

Morrendo de vontade de jogá-lo

Corpse Party é um jogo difícil de comentar em certos termos, já que dar exemplos dos horrores que apresenta arruinaria suas muitas surpresas. Cada uma das pequenas vinhetas e histórias do game trabalham maravilhosamente para criar o equivalente interativo de um livro de histórias fantasmagóricas.

Seu ritmo lento, suas raízes japonesas e seus problemas de interface podem demover alguns jogadores da ideia de continuar com o título - mas se você quiser um bom jogo que o assuste debaixo do edredom, não há melhor pedida.

Corpse Party

Download

Corpse Party 1.01